terça-feira, 21 de outubro de 2008

...Quase 14 meses depois!

Um ano volvido desde que deixei de ver o Gonçalo sou notificado, através do meu advogado de uma nova marcação para conferência de pais. Confesso que fiquei chocado com a decisão!
Se bem se recordam, já em Julho deste ano havia sido marcada uma diligência idêntica à qual, sem qualquer justificação a minha ex mulher faltou. Agora, de forma repetida, salvo o devido respeito que ainda me merecem os Tribunais portugueses, é marcada nova conferência de pais para o dia 17 de Dezembro de 2008, i.e., quase 14 meses depois da partida do Gonçalo para Angola!
Estou completamente descrente sem saber o que esperar, sem conseguir discernir o que pensar. Estou exausto desta espera mas, apesar deste cansaço não vou desistir de pugnar pela companhia saudável do Gonçalo. Tenho mil razões para nunca desistir, tantos amigos, tanto carinho e...tanta saudade!

5 comentários:

filipa disse...

Olá Sergio,

Nem sei o que pensar ... se por um lado é bom saber que uma diligência está agendada, por outro parece que ainda estamos naquela fase da tentativa de acordo entre as partes!!

Espero sinceramente que esse dia 17fique registado como sendo aquele que ordenou o regresso do Gonçalo a Portugal por forma a poder crescer junto de ti e de todos os restantes familiares!!

Beijinhos

Mamã e Tesourinhos disse...

Olá!
Acredito que deve estar a ser difícil gerir todos estes sentimentos. Um dia fca alegre com a novidade de ele vir, depois passas uma eternidade sem conseguires falar com ele e finalmente quando o consegues parece que afinal já não há tantas certezas.
Espero que no dia 17 consigam chegar a acordo para que o Gonçalo possa ter uma vida estável e junto de quem o Ama!
Fica bem.
Bjs.

Mar disse...

Concordo com a Filipa: parece que ainda estão a tentar um acordo. E só daqui a dois meses...Assim quando é que isto avança?

Olha, pode ser que seja desta, é o que eu desejo. Mas, tal como tu, já não acredito muito que a tua ex-mulher compareça. Desculpa...
Pode ser que nos enganemos e ela acabe por surpreender...

Não desistas por uma causa que é tua.

P.s.: obrigado por leres um post tão longo por algo que à primeira vista não te diz muito...mas como pai espectacular que és, interessas-te pela relação de amor entre pais e filhos...Mas não é por não amamentar que um pai e um filho sentem menos amor ou proximidade: tu e o Gonçalo são o maior exemplo disso.

Beijinhos

A mamã disse...

bolas!! nem sei o que dizer
apenas que não desista nunca ... continue a lutar .. a vitória ainda lhe vai saber melhor
xi-coração
paula

Odele Souza disse...

Sergio,

Como tu também vivo de espera por justiça. Essa lentidão que acaba por ser um enorme desrespeito aos nossos direitos. Como aqui, aí também a justiça é lenta, e uma justiça lenta já se configura uma justiça injusta.

Mas deves resistir. Daqui, estou torcendo por ti.