domingo, 20 de abril de 2008

Hoje falei com o meu filho...

Desde muito novo que tenho o dia de Domingo como o dia da família. Sinceramente cuido da minha família todos os dias mas, é certo, Domingo é sempre diferente, especial e mais relaxado.
Hoje almocei em casa dos meus sogros. O meu sogro gosta muito do Gonçalo. Ele é uma pessoa de poucos sorrisos e, talvez por isso encanta observar como sorri quando vê ou ouve o meu filho. Depois do almoço pegou no telefone da minha sogra e marcou o número angolano da minha ex mulher. Foi uma surpresa! Perante um número desconhecido a mãe do meu filho atendeu e passou o telefone ao Gonçalo. O Heitor falou, contou-lhe que o Futebol Clube do Porto, clube pelo qual ambos torcem, é campeão, perguntou-lhe sobre a escola e foi conversando com ele por alguns minutos. Finalmente passou-me o telefone. Falei com o meu filho! É muito bom ouvir a voz dele e não ter só os "eh!". Conversei com ele, perguntei-lhe sobre a escola, a saúde...enfim. Soube pelo meu filho que só virá a Portugal em Novembro ou Dezembro. Confesso que me entristeceu imaginar que terei de passar mais de um ano sem o ver. No entanto, continuo a confiar na justiça dos homens e a acreditar que o Tribunal o trará mais cedo.
Assumi um compromisso com este blog: contar sempre a verdade! Pois é, hoje falei com o meu filho. Claro que sinto saudades de o ver a abraçar mas...hoje falei com ele!

4 comentários:

Teresa disse...

Estou muito feliz por vocês! Tanto pelo Pai como pelo Filho. Tal como é grande a angústia de não o ver, imagino que seja enorme a alegria de um contacto, de saber que o Filho está bem e de também lhe poder dizer como o Pai o ama e está ansioso por estar com ele.
Por aqui se vê que vale a pena ter esperança. Este foi apenas um pequeno raio de Sol do Verão solarengo que se aproxima para vocês.
Beijos

sc disse...

que bom!
fico mesmo muito feliz! Não é o mesmo que abracá-lo, mas falar com ele imagino que já diminua um bocadinho o sofrimento...
Continua a ter esperança!
Bjs

Nota: continuo á espera da vista prometida cá a casa...

Anónimo disse...

Força! A esperança é sempre a última a morrer e como o teu desejo é enorme estou certa que se irá concretizar! Boa sorte e muitas felicidades. Mónica

magda disse...

Ter um Pai ! É ter na vida
Uma luz por entre escolhos ;
É ter dois olhos no mundo
Que vêem pelos nossos olhos !

Ter um Pai ! Um coração
Que apenas amor encerra,
É ver Deus, no mundo vil,
É ter os céus cá na terra !

Ter um Pai ! Nunca se perde
Aquela santa afeição,
Sempre a mesma, quer o filho
Seja um santo ou um ladrão ;

Talvez maior, sendo infame
O filho que é desprezado
Pelo mundo ; pois um Pai
Perdoa ao mais desgraçado !

Ter um Pai ! Um santo orgulho
Pró coração que lhe quer
Um orgulho que não cabe
Num coração de mulher !

Embora ele seja imenso
Vogando pelo ideal,
O coração que me deste
Ó Pai bondoso é leal !

Ter um Pai ! Doce poema
Dum sonho bendito e santo
Nestas letras pequeninas,
Astros dum céu todo encanto !

Ter um Pai ! Os órfãozinhos
Não conhecem este amor !
Por mo fazer conhecer,
Bendito seja o Senhor !
FLORBELA ESPANCA
Aqui deixo a minha mensagem, nunca desistas, pois desistir é deixar de viver e isso eu sei que tens para ti e para dar... Por isso força na tua luta. Sendo mãe, não compreendo o que a tua ex. mulher te está a fazer, não só a ti, mas principalmente a um filho, que no meu ver é a coisa mais importante na nossa vida... se a minha filha sofre e morro um pouco por dentro... acho que tens de ser mãe e pai neste momento. Força ...
beijos desta tua nova mas sempre amiga
Magda