quarta-feira, 6 de fevereiro de 2008

O nome completo do menino e da mãe...

Obrigada pelo apoio. É bom sentir que não estou só!
O meu amor pelo G. impede-me de o sujeitar a uma exposição em excesso. Por essa razão, acautelando consequências indesejadas, não divulgo os nomes completos. Aliás, para garantir o direito à imagem e à intimidade da vida privada também não tenho o direito de colocar imagens sem que as mesmas sejam tratadas e desfocadas. Lamento tanto mas...parece que só eu tenho deveres em nome de um direito que ainda não entendi!

5 comentários:

Anónimo disse...

Já vi que esta luta não fica só pelo pai mas tambem por outras pessoas indignadas!? e o juiz ou juiza não se indigna pelo facto do Gonçalo não ver o pai...pelo pai não ver o filho...e a familia paterna!...o filho foi gerado só pela mãe?...PAI com letra Maiuscula..não te demitas como eu me demiti....de ser pai...um abraço, continua!

ricardo disse...

É sempre bom testemunhar o sorriso de uma criança,percebendo,ou não, a razão desse mesmo sorriso.
Foi sempre muito bom testemumhar o sorriso do Gonçalo quando estava com o pai,com os avós, e com o tio babado.Foi sempre muito fácil perceber o sorriso do Gonçalo.É sempre muito fácil perceber quando uma criança é amada e se sente bem.
Eu acredito e desejo muito que o Gonçalo sorri todos os dias,mas sei também que todos os dias o Gonçalo se lembra do pai,do tio,dos avós,e lhes guarda mil sorrisos...aqueles sorrisos,aquele sorriso,que é só deles.
Vamos todos esperar pelo teu sorriso!
(Um beijinho para o Gonçalo!)

Francisco disse...

Até nas tuas atitudes de respeito pela integridade do teu filho evidenciam o amor e o respeito..
. levados a sério. Assim fosse o juiz que decidiu a guarda do teu filho a quem sempre mostrou um total desrespeito pelo filho, criando-o num ambiente de hostilidade para com o pai e os seus familiares. Isto sim é do real interesse da criança!!! Esta justiça e alguns dos seus interlocutores é que deviam estar a pagar bem caro a sua ignomínia e cegueira. Haja quem ponha termo a esses senhores em nome do bem-estar da criança. Basta de casos Esmeralda e tantos outros...
Continua a tua luta. Conta sempre comigo, com a Dora e desde há 4 meses do Gustavo (o meu filho).
E o Gonçalo é uma criança tão linda.

P.Coelho disse...

Eu sei que no dia em que o juiz deu autorização da mãe do Gonçalo levar para Angola,foi como o mundo desaba-se sobre ti,lembra-me como se fosse hoje as palavras que disses-te ao teu ex-sogro no tribunal( OLHE NOS MEUS OLHOS E PROMETA-ME QUE EU VOU VÊR O GONÇALO...) a resposta já sabes qual foi, e tives-te razão...
Mas tambem sei que o amor que o Gonçalo tem por ti è unico e ninguem mas mesmo ninguem conseguirá afastar-vos um do outro.E muito menos uma mãe mimalha, egoista sem o minimo de sentimentos por ninguem que o unico objectivo é magoar-te a ti e a tua familia.
Sei o sofres e lutas por ver o teu filho, mas vais conseguir com a tua força e amor de PAI,ver o teu filho e ficar com ele.
Sabes que podes contar sempre comigo e com a Bekas e JP.

Pai Para Sempre disse...

Pedro, muito obrigada pelo teu apoio. Sim...é verdade, tu estavas lá e ouviste. Naquele dia quando vi o avó do Gonçalo a olhar para o chão sem me conseguir responder percebi que não o voltaria a ver! Vou lutar...Obrigada, um abraço meu amigo