quinta-feira, 19 de fevereiro de 2009

Mas afinal onde está o meu filho?

Habituei-me, embora sem me conformar a adormecer sem notícias do meu filho sabendo apenas que estava, algures em Angola na companhia da mãe. Habituei-me depois, uma vez mais sem me conformar, a adormecer imaginando que o meu filho estaria algures em Angola na companhia de alguém da confiança da mãe. Mas...e agora? Será possível habituar-me a adormecer sem saber onde está o Gonçalo? Fiquei gelado quando ontem recebi um telefonema e uma novidade: Segundo um amigo da família que reside em Angola, o meu filho não está lá e não se encontra na companhia da tal pessoa de confiança da mãe! Onde pára o Gonçalo?
A minha ex mulher permanece em Portugal com os filhos mais novos, o Senhor Juiz continua a aguardar um acordo que nunca se irá realizar e eu? Eu permaneço na dúvida e com a angústia de nada saber sobre o paradeiro de uma criança da qual, por sinal SOU PAI! Onde está o meu filho?

26 comentários:

Cresce barriguita...cresce!!! disse...

POSSAS...MAS QUE SITUAÇAO VERGONHOSA!!!! MAS QUE RAIO DE MAE É ESTA???
AFINAL QUER OU NAO QUER O FILHO???
POR AMOR DE DEUS..SE TEM OUTROS FILHOS E NÃO AMA AQUELE O SUFICIENTE PARA O MANTER COM ELA E COM OS OUTROS..ENTAO ENTREGEUE-O AO PAI!!!! DETESTO ESTAS GUERRAS ONDE OS FILHOS SAEM SEMPRE MAIS PREJUDICADOS!!!
MUITA FORÇA, MUITA CORAJEM....E NAO DESISTA..O SEU FILHO PODE ESTAR SOZINHO!!!
MUITOS BEIJINHUSSSSSSSSSSS

Mar disse...

Imagino a tua angústia. Antes, mesmo não sabendo se ele estava bem, sabias que estava com a mãe algures noutro continente. Agora nem isso...

Mas não desesperes, afinal, apesar de tudo, ela é mãe e há-de fazer com que o Gonçalo esteja bem.

Bjs ansiosos por melhores notícias.

Nós... disse...

Ai Sergio de coração apertadinho, não tanto como o teu, mas o que pensas fazer agora?
Se fores ao tribunal e disseres isso não ajuda???
Ainda pensas na hipotese dos meios sociais???

Sergio muita, muita força e coragem, para voces tres para continuarem a lutar pelo vosso Gonçalo

Beijinhos nossos, FORÇA!

Filipa disse...

Eu sei que vou dizer um grande disparate ... mas cá para mim, só montando a tenda em frente ao Tribunal, por forma a envergonhar esse Juíz!!!

Em todo este processo onde é que entra o superior interesse da criança? Isto é revoltante!!! Quais são os fundamentos que consubstanciam esta inercia?

Será que estão à espera que o Gonçalo atinga a maioridade?

Eu digo-te sinceramente, cada vez mais te admiro ... acho que se o caso fosse comigo, já teria cometido um qualquer acto tresloucado ... por forma a chamar a atenção para a injustiça deste processo!!

Um grande beijinho para vocês

susana disse...

Que mais se pode dizer?Nada que te possa confortar....
É de lamentar como a nossa justiça funciona mas acredita que um dia a justiça irá estar ao teu lado tem que ter fé e esperança.

jokitas

Mamã e Tesourinhos disse...

Não consigo imaginar a dor que é não saber dum Filho.
Continuamos aqui a torcer que este pesadelo acabe rapidamente.
Fica bem.
Bjs.

Cindy disse...

Que angústia!
Não se pode fazer nada?!
Alertar as autoridades para um possível sequestro, já que não está nem com a mãe, nem com o pai?!
Não sei como me sentir, imagino tu, o pai!
Um beijo de força!

Eu disse...

Caro Sérgio, essa situação é inacreditável. As palavras que aqui deixo são as de sempre: Força, Coragem e Determinação.
Respondendo à tua pergunta, o unico sitio onde podes ter a certeza que o teu filho está é no teu coração.
Votos de que tudo se resolva rápidamente vindos de alguem que tambem começa a desesperar com as demoras do sistema.

Um abraço,

Kelly disse...

Eu não consigo entender. Juro que não. Um juíz dá a guarda a uma mãe notoriamente instável a vários níveis. Aprova um "rapto" de um menor. Aceita ser ridicularizado com as mentiras e faltas sem justificação dessa senhora ao tribunal.
Aceita que um progenitor negue dar informações ao outro sobre a criança.
Eu não compreendo.
Então se eu me divorciar e se o pai das crianças ficar com os meus filhos, pode escondê-los, pode partir com eles seja lá para onde for, ocultar-me informações sobre ele (saúde, escola, etc, etc)...
Pode-se apagar um pai assim?
Isto não tem cabimento enão sei se aguentava com tanta coragem e sangue frio uma situação destas.
Neste momento é demais!!!!

Nós os cinco disse...

Ai mas que gaita...quando é que vamos ler aqui novidades boas sobre o Gonçalo???
Mas Essa mãe não tem vergonha?
Sérgio, será que o menino ta mesmo em Angola?? Não terá em Portugal?? Muita Coragem para ti, e olha sinceramente já não sei onde vais tu buscar tanta força para assistires de pé a esta situação!!
Não Desistas!!
E vai dando noticias.

Ana disse...

O Sérgio é pai, tem deveres e direitos.Use todos os meios legais para fazer valer os seus direitos e os do seu filho.
Vá para a comunicação social.
O seu filho irá agradecer-lhe!
Força
PAI NUNCA DESISTE

Inezoca disse...

Na minha opinião deveria "investir" num advogado e aproveitar enquanto a mãe está por cá, para ser chamada e dizer onde está efectivamente o menino e porquê. Parece-me uma boa oportunidade para agir em força e recuperar seu filho. Se não está com a mãe, então parece-me que deve estar com o pai. Não pense mais, aja e verá que terá melhores sonhos.

Joaquim Oliveira disse...

Isto é complicado...

Se for para acampar à porta do tribunal contem comigo... eu faço uns turno à noite.

Abraço e coragem.

Liliana disse...

Cada vez mais fico sem saber o que dizer perante toda esta situaçao Sergio...
Sera que nao podes fazer chegar a tribunal a informaçao que o teu filho nao esta com a mae, e que estara em Angola com uma pessoa que nem da familia e?

Usa todos os meios necessarios para conseguires chegar a bom porto, se para isso for preciso ires para os meios de comunicaçao social entao força, sei que queres resguardar o Gonçalo, mas sera que ela nao te agradecera a tua companhia, em vez da de uma pessoa que nem e a mae nem o pai?
Pensa nisso amigo

Beijos para voces e coragem

Rita disse...

nao sei que te diga por isso deixo-te apenas um abraço e muita força!!!
admiro-te muito, és um PAI com letra grande!!

beijocas nossas

www.luanaedaniel.blogspot.com

Ana e Kiko disse...

K angustia, lá volta tudo ao mesmo :(
Bom fim-de-semana.

Ana

Sol disse...

Caro Pai, francamente não consigo sequer imaginar o que é estar na vossa situação. Tenho acompanhado o blog desde o início e palavra de honra que não consigo também compreender o comportamento dessa mãe. Essa mãe que, atrevo-me a dizer, não merece sê-lo.

Aplaudo e admiro a s/ coragem, determinação e acima de tudo a confiança que ainda deposita na justiça...

Espero que esteja tudo bem com o Gonçalo... Um abraço com muita coragem!

Shakti disse...

Esta situação está a tomar medidas incontroláveis...por favor , ninguém consegue fazer parar essa senhora e chama-la à razão ??

Acredito que estejas com o coração bem apertado e que deve ser complicado gerir os sentimentos versus a razão ...apenas te posso deixar aqui o meu sentimento de apoio , como o faço desde o inicio...

bj

Anónimo disse...

o teu filho anda por onde te dizeram. agora espera sentado!.Um filho e sempre da mae.

Sol disse...

Caro Anónimo, uma pessoa que diz que um filho é da mãe tem que ser uma pessoa de vistas curtas.

Um filho nunca é de ninguém: nem mesmo de uma mãe ou de um pai. Mas cabe aos pais a mais árdua tarefa de todas: educá-lo, protegê-lo e prepará-lo para a vida. Uma mãe e um pai devem ter também o mais digno e recompensador privilégio: amarem essa criança incondicionalmente e serem amados de volta.

Mas em qualquer situação, o bem estar da criança deve sempre ser sempre colocado acima de interesses pessoais porque ser mãe/pai não é um direito adquirido nem uma "arma" de manipulação e chega um momento em que, ser filho não é mais fácil do que ser pai ou mãe...

Carla e Diogo disse...

Não é a 1ª vez que aqui venho, mas desta vez quero deixar o meu apoio e que tudo se resolva o mais rápido possivel. É costume dizer que "mãe é mãe" mas aqui não me parece ser o caso. COntinue a lutar pelo seu filho!
Beijinhos

Cláudia, Pimpo e Pimpa disse...

Em 1º lugar parabéns, mesmo que atrasados.

Arrepiei-me ao ler este teu post, não imagino o sufoco que deves sentir por não saberes nada do Gonçalo...
Força.

Bjs Cláudia

A mamã disse...

meu Deus .....que tristeza de mulher
:-(
bjs

Anónimo disse...

Boa noite Sergio... lamento pelo seu filho... ele está a ser usado e abusado pela mãe... há várias formas de violação e ela está a violar o proprio filho sem dó nem piedade... se ama este filho, como tem coragem de o mandar para um país estranho sozinho sem ela... ficando ela aqui com os outros filhos?
Mais uma vez lhe digo... procure ajuda especializada... só eles o saberão aconselhar a agir dentro da lei... e a recorrer de todos os meios que estão a seu alcance para que possa recuperar o seu filho...
Tudo o que está a acontecer ao Gonçalo está a marca-lo de uma forma que poderá compremeter o homem que ele será um dia... entende? Os traumas de infancia são terriveis... e não passam com duas cantigas...
Desculpe se disse algo de errado...
Maria & Companhia

Viva La Vida disse...

a muitos filhos faz falta um pai como tu..
alguém dedicado, com prioridades, com o dever e as responsabilidades bem presentes.
E a ti, a ti que ages como tem de ser, privam-te o direito de seres pai, apenas pai.

Eu desejo e peço por ti,
nunca desistas! Força Sérgio!

Nós... disse...

Sergio bom dia!

Alguma novidade do G?

Beijinhos nossos para voces 3