segunda-feira, 4 de agosto de 2008

Quem espera sempre alcança!

Quem espera desespera! Assim se vai dizendo, por aí…
No dia 1 de Agosto iniciaram-se as férias judiciais. Pelo que sei, salvo casos de reconhecida urgência, os Tribunais permanecem praticamente encerrados e contam, apenas com os Senhores Magistrados de Turno.
Aproveito esta oportunidade para desejar a todos os Senhores Magistrados, Senhores Advogados e funcionários judiciais umas boas férias, um óptimo descanso e, principalmente, não desperdicem um só minuto da companhia dos vossos familiares, cônjuges e filhos!
Infelizmente, atentas estas merecidas férias da justiça, é certo para mim, que vou ter de gozar os meus dias de descanso sem contar com a companhia do meu filho Gonçalo!
É verdade, os Tribunais encerraram sem me ter sido comunicada qualquer decisão!
Tenho falado com o Gonçalo uma vez de quinze em quinze dias. Naturalmente, não falo quando quero mas, tão só, quando a mãe do Gonçalo acha que devo! Ligo várias vezes sem sucesso. Faço-o na presença de todos que serão testemunhas neste processo, faço-o com registos documentais para o poder provar e, de vez em quando, muito de vez em quando, lá recebo um “toque” para devolver a chamada e falar com o meu filho.
O Gonçalo continua a manifestar estranheza e a afirmar que o pai não lhe liga! Filho, cá estão as provas para que vejas a minha insistência!
Novidades!
O irmão mais novo do Gonçalo já está em Angola! Foi de férias com os avós e, pelo que sei, ainda que contra a vontade destes ele ficará por lá com a mãe e o pai. A ver vamos.
Mais novidades!
O Gonçalo já tem casa em Angola! O meu filho já não vive num hotel. Pelo que sei, fazendo fé nas informações de amigos que por lá habitam, o meu filho está bem, estuda numa escola pública e nunca anda sozinho. Está sempre acompanhado por pessoas que, aparentemente serão funcionários da mãe.
Menos mal!
Claro que nada disto elimina o erro de estar longe do pai e, praticamente impossibilitado de me falar mas…folgo saber que o Gonçalo está, aparentemente bem de saúde.
Esta manhã soube que a mãe do Gonçalo manifestou, junto da família a intenção de não voltar mais a Portugal por razão alguma. Soube que é sua intenção que o Gonçalo não volte a viajar para este país. Ou seja, fazendo fé nas palavras de quem mo disse, é intenção da mãe do meu filho que eu nunca mais o volte a ver! Será?!
De uma forma ou de outra… Quem espera sempre alcança!
Aguardo, pacientemente uma decisão do Tribunal e, entretanto, começo a planear a minha vida e da minha família. Temos propostas de trabalho em Angola por isso, caso as coisas não evoluam pelo lado da justiça, dos homens ou…a que parece para breve DIVINA, lá pensarei, seriamente, mudar-me para aquele país e, ali, com o meu filho por perto, recomeçar!
Bem hajam!
A todos, umas boas férias e sejam felizes!

9 comentários:

filipa disse...

Apesar de tudo ... sempre é reconfortante saber que ele não corre perigo, não é? Assim sempre tranquilizas o teu coração ... mas muito mais há para conquistar!!

Boa sorte e um grande beijinho para vocês

PS - Pelos vistos, infelizmente a justiça divina e tão lenta como a dos tribunais!!!

Shakti disse...

Mais um mês...sem ele ...é assim a vida...há que ter esperança !!!

bjs

GE disse...

Os tribunais são aquela coisa lenta, lenta que tds sabemos ( tenho um processo a correr desde Fev. por falta de pagamento do Pai...)

O que vale é que tu não desistes e ainda consegues ver outras possibilidades, Parabêns!!


Bjinhos

Mar disse...

Pelo menos já tens mais informações e sabes que está tudo bem com o Gonçalo. Há que avaliar bem essas propostas de trabalho em Angola e, quem sabe, arriscar. A justiça é lenta...

Beijinhos

Anónimo disse...

sabes demais e levas de menos....ha quem seja mais inteligente!...

Anónimo disse...

Bem!! amigo Sérgio, ja sabemos que a nossa justiça nada fará pelo seu caso, ou porque da trabalho, ou porque existem muitos processos não se podendo perder tempo com uns que se acham menos graves, etc, etc, etc...tudo serve de desculpa para não se decidir!?..Este senhor Juiz está à espera de quê? que emita uma ordem judicial para que a mãe coloque o Gonçalo aqui em Portugal, num periodo estipulado por ele...se voltar a incumprir é mais uma atitude para afastar filho e Pai, como até aqui acontece?!?!..DEIXO UM APELO AO SR MAGISTRADO: "ABRA OS OLHOS...VEJA AS COISAS COMO ELAS SÂO...NAO TENHA MEDO EM DECIDIR A FAVOR DESTE PAI...LEIA ESTE BLOG...assim ficará tranquilo com a coerencia, demonstrada aqui por ELEI!...

Força PAI do GONÇALO!

Amadeu Silva Rodrigues

Elisabete disse...

Olá Sérgio, vejo que faláste com o teu filhote Gonçalo e sempre são boas notícias.
Ele estar bem de saúde é já muito positivo. O Gonçalo dizer k não lhe telefonas é pk não percebe nem sabe dos teus esforços, mas no futuro, terá certamente conhecimento de tudo quanto o pai fez para falar com ele, vê-lo e saber dele.
Se tiveres possibilidades de ir para Angola com a tua família e estar assim junto do teu filhote, força!
Bom fim-de-semana! :)

MamãdaDiana disse...

Férias judiciais!!! è melhor não me prolongar...

Ainda por cima sem nenhuma comunicação do processo...

è bom saber que o gonçaloestá bem... embora o "aparentemente me faça alguma confusão"...

Um grande beijinho para voçês...

Força

Anónimo disse...

Ola Sergio e Xana.
Ficou contente por terem noticias do Goncalo.

Como ja aqui tinha escrito,acho que deviam tentar ir a Angola mas...a ideia de se mudarem para la..hum....acho que nao o deviam fazer!

Imaginem,que depois a "maezinha" do Goncalo decide voltar para Portugal ou outro Pais qualquer?!

Beijinhos e boa sorte!