terça-feira, 19 de janeiro de 2010

...tudo se repetirá?

Está marcada para amanhã, às 15h00m mais uma diligência no Tribunal de Familia e Menores do Porto. Fazendo fé na minha intuição, confortada por comentários de terceiros, a mãe do Gonçalo faltará, uma vez mais. Tudo se repetirá? Tenho trocado várias impressões com juristas, advogados e magistrados sobre o que poderá acontecer. As opiniões são diversas e, muitas delas divergentes. Não imagino em que condições e com que novidades terminará o meu dia de amanhã. Ou melhor, o dia e o futuro da minha família continuará em suspenso? Teremos, finalmente uma decisão?
Desde Dezembro de 2007 até à data a mãe do meu filho Gonçalo já incumpriu, de forma repetida, reiterada e sucessiva o Regime de Visitas. Aliás, em número já o incumpriu 8 vezes! Vejamos:
1 - O Gonçalo não veio a Portugal, como deveria ter vindo em Dezembro de 2007 (1 incumprimento)
2 - O Gonçalo veio a Portugal no ano de 2008, apenas uma vez quando deveria ter vindo quatro vezes; (3 incumprimentos [já para não falar nas informações de saúde e educação!])
3 - O Gonçalo não veio a Portugal durante todo o ano de 2009 quando, na verdade deveria ter vindo 4 vezes. (4 incumprimentos)
Ora, quantificando o que para mim é inquantificável, 1+3+4= chegamos ao número 8!
OITO! Oito incumprimentos que resultam, como imaginam em muito sofrimento, em perdas de momentos impossíveis de recuperar, em saudade, em dúvidas, em medos.
Quando se poderão conhecer os meus filhos?
Amanhã tem o Magistrado Judicial a possibilidade de, finalmente decidir e, naturalmente cuidar pela execução da sua decisão. Aguardo, na expectativa!
Torçam por nós!
Obrigado a todos

13 comentários:

Eu e Ela disse...

Eu torço por vocês desde o primeiro momento em que li a vossa história.

Muita força!

Fico a torcer por boas notícias amanhã.

Anónimo disse...

esperas que vais ter uma decisaõ estas muito enganado. um destes dias terás que ter muito cuidado, olha por onde andas a incomodar as pessoas! demente!anormal.

Maria Linares disse...

Espero que amanhã a justiça portuguesa tire a venda que tem nos olhos e faça justiça sobre o vosso caso. Torço para que tudo se resolva pelo melhor para ti e para o Gonçalo. Força e confiança!Espero amanhã liagr o pc e finalmente ler que o Gonçalo vai ter aquilo que merece, a presença do pai e do novo irmão e da mãe, sem que seja a mãe a controlar tudo.
FORÇA!!!

Filipa disse...

Sérgio,

Temos que ter esperança, que alguém se lembre que em tuda esta situação, o que tem que ser tido em conta é o superior interesse da criança, e que só o Gonçalo é que importa. Defendendo os direitos do Gonçalo ficarão naturalmente assegurados os Vossos direitos.

Com esperança ... vamos acreditar que amanhã será um virar de página, um recomeço, o inicio de uma fase que perdurará por todo o sempre e será vivida com muito amor e felicidade!!!

Beijinho

Maria e Companhia disse...

Os meus pensamentos estarão convosco sem duvida!

Coragem!

Maria & Companhia

Shakti disse...

Claro que estamos a torcer !!!

bj e depois diz qualquer coisa !

Liliana disse...

Hoje pensei em voces varias vezes, e claro que torço para que tudo se resolva pelo melhor de uma vez por todas.
Amigo espero mesmo que amanha haja uma decisao, porque esta espera ja vai demasiado longa

Beijos e muita força

Jaime Martins disse...

Força Sérgio!
E Boa Sorte!
Porque a fazer-se justiça, será sobretudo a favor do Gonçalo, para que seja uma criança feliz, um adolescente equilibrado, e um adulto completo!
Abraço solidário,
Jaime

Pai Para Sempre disse...

Caríssimos,
Relativamente ao comentário anónimo, atenta a ameaça, procederei hoje mesmo a denúncia junto da Polícia Judiciária recorrendo, como é evidente à excelente ajuda do sitemeter.
Cumprimentos,
Sérgio Andrade

Carla disse...

Sérgio, tens todo o meu apoio e esperança. Rezo para que se faça Justiça e que, finalmente, possas usufruir do teu filho e da tua família juntos. Um grande beijinho cheio de força e carinho para ti, Xana e pequeno lindo Joãozinho

Maria Carla Fernandes

Anónimo disse...

Caro Sérgio,
Conheço a sua história que não consigo esquecer a maldade de uma mãe tão maluca que não consegue ver que está a vitimar o filho para se vingar de si. Isto é crime, e devia ser deveras castigada, mas espero que a justiça divina, já que a dos homens não funciona,venha à tona.Penso que um dia esta criança, agora indefesa, vai odiar a mãe por todo o amor que lhe roubou e usá-lo como arma contra o pai.Ela não tem esse direito, mas pelo seu comportamento vê-se que é uma pessoa sem educação nem cultura nenhuma.Não desespere e não deixe de lutar pelo seu filho, neste momento é a única maneira de lhe mostrar quanto o ama e ele um dia terá esse testemunho e decerteza que vai odiar a mãe, porque infelizmente ela não tem capacidade para perceber que a quem está a fazer mais mal é ao filho, isso é um amor egoísta, quando ele for adulto ele vai perceber isso.Continue a lutar, não desista é uma forma de amar o seu filho. Desejo do fundo do coração que esta história tão macabra acabe em bem e que a sua ex-mulher (que precisava de fazer um tratamento psiquiatrico)reconsidere a triste figura de mãe que está a fazer.

Ana Casaca disse...

Beijinho grande e muita Força!

Estamos a torcer por vocês,
Ana Casaca

Anónimo disse...

os cobardes refugiam-se sempre no anonimato e nas ameaças baratas.na minha opinião só vos deve dar mais força para lutar!torço por vocês!José Soares.