quarta-feira, 15 de julho de 2009

Mais de meio ano!

Passaram já mais de seis meses desde a última vez que estive com o Gonçalo!
Esta manhã, enquanto olhava para o João ocorreu-me como o tempo é veloz e deixa tantas marcas. Os meus dois filhos ainda não tiveram o prazer de se conhecerem, de cruzarem olhares. Definitivamente há coisas irremediáveis porque, como se entende, existem momentos irrepetiveis. Faltou contar com o Gonçalo nos primeiros dias de vida do João e isso, para sempre será assim...uma marca, uma falta num momento que é de família e que é de facto importante.
Sinto falta do Gonçalo. Cada dia que passa sinto mais falta, sinto mais saudade, sinto mais vontade de correr o mundo para o ter aqui, mais perto, junto a mim, junto de nós.
Decidi actualizar a PSP e a Wii do meu filho. Definitivamente quero que tudo se mantenha perfeito para o dia em que ele voltar e, por essa razão por aqui vamos fazendo as actualizações necessárias, comprando os presentes habituais e permanecendo na firme convicção de que o Gonçalo, em breve volta a Portugal.
Bem ou mal, queiram ou não, estamos a falar de um dos meus filhos, da minha familia, da nossa vida e dessa...dessa eu não desisto nunca.

10 comentários:

kel disse...

Não desistas mesmo...sei que nunca o irás fazer. Força! a verdade é que ás vezes já nem sei o que te diga porque me sinto revoltada com esta situação.
Beijinhos para voçês e um especial para o João que em breve vai estar com o mano, acredito...sempre!

Cindy disse...

Que seja rápido, o mais possível!!
Tudo de bom para a vossa família.
Um beijo grande!

Ana Santos disse...

Deve ser bastante doloroso, estar esse tempo todo privado de um dos filhos.
Ana e seus tesourinhos

Mae Princesa disse...

Sérgio! Um grande beijinho e nunca desistas! (tás de greve ao meu cantinho??)

Mae Princesa disse...

Sérgio! Um grande beijinho e nunca desistas! (tás de greve ao meu cantinho??)

Shakti disse...

Fazes muito bem em não querer desistir !!!!

Bj e força...

Anónimo disse...

Que injustica:(

Mas sim,continua a lutar!
Tenho a certeza que o Goncalo vai voltar a estar com voces. Quem sabe,ate morar juntamente com o mano!:)

Nunca percas as esperancas!
Bj

coquinhas disse...

Um homem de força, o teu filho mereçe q o faças por ele... *

Polar Azul disse...

Que não percas essa força, essa vontade de lutar. Um abraço.

Rita disse...

Olá!! Continuo a ler o seu blogue apesar de o meu ter ficado para trás por motivos profissionais e pessoais!!
Hoje percebo o que sente, vejo o que um pai sofre quando é privado de estar com o seu filho. O meu namorado tem uma filha com 9 anos que como todos os anos foi passar 15 dias de férias com a mãe, que reside em Espanha, hoje já passou um mês e a menina ainda não regressou, hoje conseguimos falar com a mãe que disse que não entrega a menina e a menina fala a medo. E agora o que fazer? É rapto, ou simplesmente é legal porque a mãe tem a guarda da menina apesar de nunca ter vivido com ela. Ou é ilegal por o pai só ter assinado o papel a dizer que permitia que a menina saisse por 15 dias do país? O que podemos fazer?
Hoje aqui por casa sofresse e muito!!
Parabéns pelo João e que o Gonçalo volte rápido.
Beijinhos
Rita