sexta-feira, 16 de janeiro de 2009

Felicidades, tristezas, alegrias e angústias...tudo misturado num mesmo blog!

Relendo as mensagens que fui escrevendo ao longo destes quase doze meses, fiquei com uma estranha sensação de “falta de um fio condutor”. Inicialmente fui contando, dia a dia os vários episódios desde o meu divórcio até à viagem do meu filho para Angola. Entretanto, fui desabafando com escritos sobre as minhas emoções, sensações e tristezas. Escritos sobre medos e angústias.
O tempo foi passando e eu fui deixando neste blog as minhas experiências, as vezes que falava com o Gonçalo, as vezes em que nada sabia dele…enfim, fui contando o que no presente se estava a passar.
Como sabem, no dia 6 de Dezembro de 2008, reencontrei o Gonçalo e passei com ele um período de cerca de 16 dias entre 13 de Dezembro e 2 de Janeiro. Como é natural manifestei a minha felicidade e alegria pelo reencontro, pela possibilidade de dividir com ele as festas de Natal, de Passagem de ano e o momento em que soubemos que vinha a caminho o João!
Não podia, como compreendem manifestar tristeza ou angústia durante esse período. Em boa verdade, enquanto estive perto do meu filho vivi feliz cada momento e, muitas vezes esqueci a tristeza de não o ter acompanhado durante 14 meses.
Agora estou, uma vez mais sem saber nada do Gonçalo! Pior…nem sei se está em Portugal ou se já partiu para Angola. Assim sendo, é natural que o blog e os meus textos deixem de ser a descrição de momentos alegres. Estou, uma vez mais a viver a angústia de nada saber do meu filho.
Para quem não me conhece é natural que se sinta confuso, baralhado com textos felizes misturados em textos magoados e tristes mas, não há outra forma de contar a nossa estória.
Continuamos a aguardar pela marcação de data para a conferência de interessados suspensa a 17 de Dezembro. O Tribunal permanece silencioso e o processo completamente parado.
Eu continuo a sentir o cansaço misturado com a certeza de que não vou desistir de participar activamente na vida de um filho que desejei ver nascer e desejo ver crescer.
Bem hajam!
Um excelente fim de semana para todos

10 comentários:

Tudo o que eu sonhei! disse...

...porque aqui se contam todos os momentos, os melhores, os mais tristes, os alegres e aqueles em que mal conseguimos falar!
...porque neste blog se contam as verdades de uma vida como todas, feita de passados e presentes com olhos postos no futuro.
Os textos deste blog traduzem o que vai acontecendo e, consequentemente não podem, por agora ter o denominado fio condutor. São pedaços desta estória que, esperamos, em breve terá o seu final feliz.
Amoati [*.*]

Mar disse...

Felicidades, tristezas, alegrias e angústias...tudo misturado no coração de um PAI.

Bjs e bom fds.

Nós... disse...

Peço desculpa pela a intromissão, "apanhei" este blog através do blog da tua mulher :)
A quem ainda hoje lhe deixei um "beijo" no blog dela :D

Confesso que já li o teu blog desde o inicio... sim li tudo até ao fim!
Nos ultimos dias tenho vindo aqui para ter certeza, infelizmente, que ainda nada se alterou :(
Chorei muito com o blog, partilhei com o meu anjo e tambem com os meus pais, o meu "pai" está numa situação em muito semelhante com a tua, e por isso temos aguardado os proximos passos do tribunal, tanto em relação ao teu caso, como ao dele que tambem está a aguardar a uma acção por parte do tribunal para acabar com as injustiças...

Desejo de coração mesmo que o tribunal, haja rápido, o mais rápido que possa e que tome a decisão certa.

Se nós podermos ajudar podes contar conosco!

Beijinhos nossos com muita força

Anónimo disse...

Continuo a lamentar a nossa justiça.
Dificil de entender!
Eu não entendo!
Imagino como está o coração deste PAI! Quer amar, mimar e não pode.
Não pode porque a nossa justiça NÂO DEIXA!!
Sérgio , o que posso dizer é que não desistas (eu sei que não vais desistir!!)
Um beijo enorme
Ilda

Mamã e Tesourinhos disse...

E a Vida é mesmo assim: com sentimentos contraditórios e sempre muito misturados.
Estamos cá para desejar-te força nesta luta e continuar a passar palavra do vosso blog.
Bom fim-de-semana.
Fica bem.
Bjs.

Teresa disse...

O que dizer, que ainda não tenha sido dito?
Primeiro peço desculpa pelo meu último comentário, que foi impulsivo e motivado pela revolta, imaginando-me no teu lugar.
De resto, só posso dizer: Vai em frente, não esmoreças! Não deixes que te vençam pelo cansaço, nem por nada deste mundo.
E continua a desabafar e partilhar os teus sentimentos, sejam eles de alegria ou tristeza, pois os amigos também servem para nos escutar. Ninguém é obrigado a vir ler o blog, quem vem fá-lo por interesse, e quem não quiser vir acompanhar a vossa história também não precisa de o fazer.
Beijinhos!

Shakti disse...

Acredito que se não fosse única e exclusivamente pelo Gonçalo esse cansaço já te tinha vencido...tanta e tanta mistura de sentimentos aqui...

bj e força !

Filipa disse...

Sergio,

O teu Blog é como a vida, tem muitas cores!!!

Beijinhos e Bom Fim de Semana!!

Odele Souza disse...

Sergio,

O que importa é que você fez amigos por aqui. Pelo que você vai contando - não importa como - nós vamos nos aproximando de você, torcendo por você. A Justiça é lenta e também por isso, injusta. Mas não devemos desistir de lutar pelo que desejamos e consideramos justo. Continue Sergio. Também eu continuarei aqui a torcer por você e Gonçalo.

Um forte abraço.

Anónimo disse...

Sérgio,
as formas de lutar e de viver são diferentes para cada um de nós. Perante uma mesma experiência cada um de nós tem atitudes diferentes.
Sei que és forte apesar de te conhecer mal.
Sei que és integro, genuino e um bom pai. Do Gonçalo e do João.
És um bom marido.
Tens a alegria de ter um óptimo filho mas a tristeza de ter um ex-mulher que não sabe respeitar os teus, e principalmente, os sentimentos do VOSSO filho.
A única coisa que te posso dizer é que estarei sempre com vocês e a torcer pela vossa felicidade.