quinta-feira, 26 de junho de 2008

No dia 19 de Outubro de 2007...sexta-feira!

No dia 19 de Outubro de 2007 o Gonçalo acordou bem cedo. Fomos surpreendidos por um "bom dia" feliz! Acordei com o meu filho a entrar pelo nosso quarto e a falar sem parar. Fartei-me de rir. Uma criança que acorda por si e tão bem disposta. Os miúdos são surpreendentes.
Sexta-feira era dia de ginástica no colégio e, consequentemente, dia de vestir o tão desejado fato de treino. Uma vez mais, depois do pequeno almoço lá fomos, os três. Eu e a minha actual esposa fomos levá-lo e depois, seguimos para os nossos locais de trabalho.
Ao final da tarde o Gonçalo estava radiante com uma actividade que tinham realizado. Contou tudo com pormenor e nós ficamos a ouvir e a questionar. Sempre achei que as crianças merecem ser ouvidas e contar as suas experiências durante o dia de aulas. Incentivei isso no meu filho e fiquei uns bons 60 minutos a ouvi-lo falar sobre os objectos antigos que eram utilizados no colégio há muitos anos atrás.
O Gonçalo lanchou, fez os trabalhos de casa e saímos para jantar fora. O Gonçalo pediu-nos para dormir em casa dos avós. Estava animado com a perspectiva de, no dia seguinte, bem cedo brincar com um amigo vizinho dos meus pais. Confesso que hesitei mas...não podia negar ao meu filho e aos meus pais uma experiência que poderia não voltar a ser repetida tão cedo.
É normal as crianças dormirem em casa dos avós de vez em quando. Acho salutar e muito benéfico.
Fomos para nossa casa com uma estranha sensação de vazio mas certos de que no dia seguinte, bem cedo, estaríamos por ali.
Restavam-me 2 dias...

8 comentários:

PatLeal disse...

Fiquei sem palavras e com lágrimas nos olhos, tb eu sou filha de pais separados e ouve problemas como é lógico, mas nunca como os seus. Espero que em breve se resolva tudo e que o seu filhote venha rápido para junto de si.

Um abraço e força.

Cláudia disse...

Há muito tempo visitei o teu blog...
Nunca pensei que a luta ainda continuasse...
FORÇA!

Bj

Mar disse...

Li o seu blog por alto (por falta de tempo), assim que vi o seu comentário no meu blog e apercebi-me do drama da sua situação. É óbvio que a paternidade não é menos que a maternidade, eu falo desta porque é a que conheço...lol.
Espero que consiga resolver a situação o mais rápido possível, pois certamente ele deve estar a sofrer tanto como o pai.

Felicidades e boa sorte.

kel disse...

Olá, encontrei o teu blog na visita a um babyblog de outra mamã e fiquei comovida. Não posso imaginar o que sentes porque tenho a minha filha junto a mim, mas acho que ninguém tem o direito de saparar assim um filho de um pai. A paternidade e maternidade têm valores iguais, um não é mais que outro e tanto a ma~e como o pai são importantes de igual modo. Estou muito solidária contigo e desejo que tudo se resolva e que logo logo tenhas o teu filhote nos braços.
Muita força!
beijinhos

Anónimo disse...

eu conheci o professor no 7ºAno olhei para ele e vi logo qe era um tipo impecavel o melhor stor do mundo. . . no final do ano ele foi pa outra escola fiquei com pena porque ele era o nosso melhor professor gostava de brincar mas ate um certo ponto quando alguem se portava mal ele era o primeiro a repreender esse aluno.
no 9º ano apanei o professor sergio eu e o Tiago Afons ficamos todos contentes porque este professor era impecavel. isto tudo como professor e agradeco lhe tudo o que eu aprendi consigo professor.
Agora como pessoa e uma pessoa divertida simpatica e professor estou a torcer por si pa ficar com o seu filho o professor tem responsabilidade e é um pai que qualquer criança adorava ter.
Se precisar de alguma coisa de um amigo pode contar comigo abraços professor Sergio.

Deixo aqui o meu mail: pitbull_fcp@hotmail.com

Anónimo disse...

o porfessor sergio é uma pessoa muito responsavel. como professor é muito bom . pois ele faz tudo para fazer com que os alunos aprendam. como pessoa é expetacular podemos contar com ele para o que precisar-mos mesmo que seja problemas pessoais ele é uma pessoa simpatica, alegre e super atenciosa. se ele é assim com os alunos. como sera com o seu proprio filho? é uma pregunta que me questiono muitas vezes. espero que um dia seja feita justiça e que o filho do professor sergio fique com ele.

comentario realizado por:
Tiago Filipe Cruz Afonso

Maria Alexandra Martins disse...

Estou comovida com tudo o que li. Obrigada às mamãs que deixaram os seus comentários e um especial obrigada aos ex-alunos do Sérgio.
Assisti de perto à relação do Sérgio e do Gonçalo. Asseguro que é uma relação terna e cheia de confiança.
Um beijo especial para ti Sérgio, um abraço enorme a todos os que comentam este blog.

Rute disse...

Fui aluna do professor Sérgio e digo já que concordo com tudo o que foi falado aqui por o Pedro correia e Tiago Afonso. Quando conheci o professor, percebi que ele era uma pessoa espectacular, divertida e acima de tudo muito responsável. Como aluna, aprendi imensa coisa com ele, não acredito que haja um aluno que não goste do professor Sérgio. Pessoa que ajuda os alunos em tudo. Sempre admirei este professor, por a pessoa brilhante que ele é. De qualquer forma, estou aqui para dizer que seja feita justiça e que tou a torcer para que o prefessor sérigo fique com o filho.

mail: rutita_moranguita@hotmail.com